Últimas

6/recent/ticker-posts

Revolta: Povo de Rondônia pede saída de deputados acusados de corrupção

Representantes do Movimento Social Unificado Pela Ética e Contra a Corrupção em Rondônia realizaram na tarde de hoje (29), um ato público em frente a Assembleia Legislativa do Estado Rondônia, exigindo o afastamento imediato de seus cargos, os parlamentares apontados em investigação da Polícia Federal, por desvio de dinheiro público durante a operação Termópilas, que culminou na prisão do presidente da Assembleia de Rondônia, deputado Valter Araújo. 


Centenas de servidores e filiados a sindicatos representantes de várias categorias de trabalhadores do Estado de Rondônia, se reuniram em frente a ALE-RO, pedindo a cassação dos deputados envolvidos no escândalo de corrupção. Cerca de 23 entidades protocolaram um documento oficial, que foi lido em frente a "Casa do Povo", pedindo o afastamento e a quebra de decoro dos parlamentares envolvidos no desvio de verba pública. 

“ A sociedade organizada não aceita mais demora e falta de posicionamento da ALE-RO e exige que os parlamentares que não estejam envolvidos nestes atos de corrupção abram um processo disciplinar na Casa de Leis contra os investigados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público do Estado, como uma resposta urgente e imediata à sociedade, em relação aos desmandos praticados na Assembleia”, afirmou Hélio Vieira, Presidente da Ordem dos Advogados de Rondônia (OAB-RO). 

Estiveram presentes durante a manifestação, representantes do Conselho Regional de Medicina, SIMERO, Singeperon, Sindicatos dos Empregados da Prefeitura de Porto Velho, Sindicato da polícia Civil, SINTERO, SINDSEF, SINDLER, SINDPROF, ANDES, CTB, COMANDO DE GREVE DA UNIR e SINGEPERON. Entre outros.