Últimas
quinta-feira, 16 de junho de 2016

Fechei os olhos e a esfaqueei', conta jovem durante julgamento em RO



julgamento de Andrei Willian Claudino, de 20 anos, começou na manhã desta quinta-feira(16), no Fórum de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Ele é acusado de matar com 18 facadas a ex-namorada, Sindy Lorrhainy Ocanha Pereira, de 16 anos, dentro do banheiro feminino de um bar na região central do município, em outubro de 2015. O jovem foi preso três dias depois, e antes da prisão confessou o crime nas redes sociais. Durante depoimento ele disse que ato não foi planejado e que 'fechou os olhos e esfaqueou' a ex.

Sindy Lorrhainy Ocanha Pereira (Foto: Rede Amazôniza/ Reprodução)
Vestido com jens, camiseta e sapatos pretos, Andrei entrou na sala do júri e sentou no banco dos réus. Com o semblante sereno, ele ouviu o depoimento de seis testemunhas de defesa e acusação. No término da declaração da sexta testemunha, ele foi chamado pelo magistrado para prestar o depoimento dele sobre o caso. Já nas primeiras perguntas, ele confessou que matou a ex-namorada com golpes de facão.
 

Ao ser questionado sobre a dinâmica dos fatos, o acusado se contradisse por diversas vezes. Para o juizado, ele alegou que matou a ex-namorada após uma discussão, e ela ainda o teria xingado e cuspido nele.

O jovem alegou também que não se recorda com detalhes do dia do ocorrido, afirmando que estava sob efeito de álcool e remédios antidepressivos. Durante depoimento, ele negou ter cometido o crime por não se conformar com o término do relacionamento, mas que foi um ato impensado, motivado pela fúria do momento, após uma discussão entre eles.

"Fui ao bar para conversar, mas ela não queria falar comigo. Então, vi que ela foi ao banheiro e fui atrás. Lá dentro ela começou a xingar e cuspir em mim, no momento em que eu abri minha mochila peguei uma tesoura, mas joguei a tesoura no chão e peguei um facão que também estava na mochila. Ela me disse que eu não era homem e que não teria coragem de matar. Foi quando fechei os olhos e a esfaqueie. Não sei quantas facadas foram", declarou o acusado.

Durante o depoimento de Andrei, a avó paterna da Sindy, Ana Gomes de Souza, passou mal e saiu da sala do júri. Ao G1, ela disse que está abalada, e espera que o jovem seja condenado pelo crime. "Quero que a justiça seja feita, e que ele pague pelo que fez a minha neta", disse emocionada.


O julgamento

Depois de ouvidas as nove testemunhas no fim desta manhã, iniciaram-se os debates entre acusação e defesa, com 1h30 para cada uma das partes, além das réplicas e tréplicas. Os debates devem ocorrer durante todo o período da tarde desta quinta-feira (16).

Andrei Willian Claudino (Foto: Rede Amazôniza/ Reprodução)O julgamento é presidido pelo juiz Alex Balmant, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Ariquemes. Andrei responde pelo crime de feminicídio, quando o crime contra a mulher ocorre por contexto de violência doméstica ou familiar, conforme o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO).  A Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO) é a responsável pela defesa no julgamento. O júri é formado por sete mulheres.

Sindy Lorrhainy Ocanha Pereira, de 16 anos, estava com mais duas amigas em uma mesa de bar, na região central do município, em outubro de 2015, quando o suspeito chegou ao local. A vítima se recusou a falar com o ex-namorado e foi ao banheiro. Andrei foi ao encontro da adolescente. Dentro do banheiro, ele em posse de uma faca desferiu um profundo corte no pescoço, braço e mãos da vítima.

Após o crime, Andrei voltou para casa, onde morava com os pais e depois fugiu. Na época, ele postou o crime na web e disse que a morte foi um 'sacrifício'. Três dias depois do crime, o rapaz foi preso na residência de parentess, após a própria família negociar a entrega dele à Justiça.


Matéria:G1.com/Rondonia

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Fechei os olhos e a esfaqueei', conta jovem durante julgamento em RO Rating: 5 Reviewed By: Radio PrincesaWeb