Últimas
quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Sipam prevê chuvas acima da média no sul da Amazônia.

 Defesa Civil do Acre e de Rondônia estiveram presentes na reunião do Sipam. Autoridades não acreditam em nova cheia no estado.

O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) se reuniu, nesta terça-feira (23), com órgãos do Acre, Mato Grosso e Rondônia para discutir o prognósticos de chuvas do sul da Amazônia. De acordo com a coordenadora de Operações do Sipam, Ana Strava, a previsão é de chuvas acima da média até a primeira quinzena de abril.

"É uma chuva que a gente tem a expectativa que eleve o nível do Rio Madeira, aquela cota de dez anos que fica perto de 17, 17 e 20 metros", afirmou Ana.

A coordenadora informou ainda que a reunião visa trazer uma troca de ideias entre diversos órgãos.

"A ideia da reunião que a gente faz todos os anos é dar suporte às defesas civis. A gente traz vários órgãos, como o Centro Nacional de Monitoramento de Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais (CPRM) e o próprio Sipam. Cada um desses órgãos se debruça sobre estudos para fazer mais prognósticos precisos", aponta a coordenadora.

Sobre uma possível cheia, como a de 2014, o engenheiro hidrólogo da CPRM, Herculys Castro, informou que ainda não tem como prever.

"Está muito cedo para saber se vai ter cheia. A gente tem o nível do rio subindo até meados de abril. Ainda estamos no fim do mês de janeiro e com certeza o nível do rio vai continuar subindo", disse Castro.

Sobre o monitoramento do nível do Rio Madeira na BR -364, que liga Rondônia ao estado do Acre, a CPRM informou que não tem monitorado.

"A gente não tem monitorado ela diretamente, porque é uma cota muito influenciada pelo nível dos reservatórios, que a gente tem no reservatório de Jirau. Quem regula essa cota é a ANA e o Operador Nacional do Sistema (ONS), então eles devem monitorar essa cota para que garantam tanto se tiver um evento evento de cheia", explicou Castro.

O coordenador da Civil do estado do Acre, coronel Carlos Batista, esteve presente na reunião com o Sipam.

"Desde 2014 que a gente vem fazendo esse acompanhamento, tanto da previsão de chuvas da bacia do Rio Madeira como também da altura do nível da água ali no trecho que ficou alagado em 2014 (na BR-364). Então hoje a gente veio acompanhar quais são as previsões, já que o rio tem a possibilidade de subir até o abril", disse Batista.

O coordenador da Defesa Civil do Estado de Rondônia, Felipe Chianca , informou que o rio tem sido monitorado diariamente.

"Uma equipe faz imagens áreas com imagens áreas e com dados que recebemos de algumas agências. Então esse monitoramento é feito diário", afirmou Chianca.

O nível do Rio Madeira nesta terça-feira era de 14,51 metros, segundo a Defesa de Civil municipal.
Fonte-G1/RO.
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Sipam prevê chuvas acima da média no sul da Amazônia. Rating: 5 Reviewed By: Radio PrincesaWeb