Últimas
terça-feira, 25 de setembro de 2018

Agentes penitenciários são formados para atuarem na intervenção em presídios


Após 15 dias de intensas atividades preparatórias no Curso de Prevenção Rápida em Recinto Carcerário, 31 agentes penitenciários se formaram em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira (25), no espaço aberto do Palácio Rio Madeira, em frente ao edifício Rio Pacaás Novas. Eles estão preparados para atuar nas adversas situações de crise no ambiente prisional, retomando o controle de forma rápida, aplicando procedimentos e técnicas adequadas, dentro da legalidade e com uma nova postura. O curso aconteceu em Porto Velho, na base de selva da 17ª Brigada do Exército


Promovido pelo Governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), o Curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário foi ministrado pela Diretoria Penitenciária de Operações Especiais do Distrito Federal (DPOE/DF), sob o comando dos militares Luis Mauro Albuquerque  (atual secretário de Justiça do Rio Grande do Norte-RN) e Maiquel Mendes (atual secretário Adjunto-RN). E contou com o suporte pedagógico da Escola de Estudos e Pesquisas (ESEP) da Sejus.

Aguardados por autoridades e familiares, os formandos chegaram ao local da solenidade marchando, entoando uníssono um “grito de ordem”.  E após a execução do Hino de Rondônia, pela banda orquestral da Polícia Militar, receberam o certificado de conclusão das mãos do governador Daniel Pereira, do secretário de Justiça de Rondônia, Adriano de Castro, e do diretor da ESEP, Cláudio Negreiros.

O governador Daniel Pereira destacou que um dos compromissos do Estado é qualificar os servidores da melhor forma possível. “Se o Estado espera um serviço especial dos servidores, precisa também viabilizar condições especiais”, disse acrescentando que este grupo de agentes penitenciários aproveitou a oportunidade que teve, concluindo com bom aproveitamento um curso de alto nível.

O titular da Sejus, Adriano de Castro, lembrou que o curso conta com instrutores que possuem experiência com intervenções em presídios de vários estados do país, e falou sobre a importância da preparação dos agentes para lidar com a criminalidade. “À medida que o crime se organiza, cria facções, o Estado tem que ter a resposta. Esse curso é a forma inteligente, técnica, profissional, de responder às investidas que ameaçam a ordem no sistema prisional e a própria segurança da sociedade”, pontuou Adriano.

Para o corregedor Geral da Secretaria de Justiça, João Rodrigues, deve ser elencado que o curso não somente prepara os agentes para o uso adequado da força em situações  de crise, mas também os prepara para buscar as soluções por meio de procedimentos que preservam a legalidade, ética e a segurança.

Falando em nome do corpo de instrutores, Maiquel Mendes, explicou que “o grupo é preparado para dar uma resposta rápida e eficaz, impedindo avanço de rebeliões e motins”, e que eles serão multiplicadores aqui no Estado, passando para outros colegas técnicas e procedimentos que aprenderam na formação. Ainda enalteceu a participação de todos os agentes, incluindo os que saíram no decorrer do curso – 137 pessoas se inscreveram para o teste físico, 57 iniciaram o curso, e 31 concluíram. “Todos vocês, com certeza, já são servidores melhores, e com uma nova mentalidade”, concluiu.
Texto: Lucas Tatuí
Fotos: Daiane Mendonça
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Agentes penitenciários são formados para atuarem na intervenção em presídios Rating: 5 Reviewed By: Radio PrincesaWeb