Últimas
quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Morre jovem baleado há quase 2 meses pela PM em RO; família diz que abordagem foi 'desastrosa'

Alex da Silva passou mais de um mês na UTI e morreu em Porto Velho. Confundido com bandido, ele teria sido baleado por um PM ao tirar a carteira da bermuda.

Foi enterrado nesta quinta-feira (29) o corpo do jovem Alex da Silva Menezes, de 20 anos, baleado por um policial durante uma abordagem no dia 9 de outubro, em Porto Velho. O rapaz ficou internado por um mês e 20 dias no hospital João Paulo II e morreu na quinta-feira (28).

Ao G1, a família do rapaz lamentou o óbito e classificou a abordagem policial como "desastrosa". Segundo eles, o policial envolvido no caso não agiu de acordo com a lei e atirou no rapaz de forma criminosa, para matar.

De acordo com registro policial, Alex foi baleado por um policial do núcleo de inteligência da PM, na noite do dia 9 de outubro, quando caminhava pela rua Lúcia de Carvalho, no bairro Teixeirão, Zona Leste da capital.

Os policiais tentavam rastrear uma motocicleta roubada. Ao ser abordado, o rapaz teria feito menção de sacar algo da bermuda e acabou alvejado. Alex estava apenas com uma carteira porta cédulas. Ele foi socorrido pela própria PM e levado ao hospital João Paulo II.
Rua onde Alex da Silva foi baleado no dia 9 de outubro — Foto: Toni Francis/G1

Fonte  G1/RO.
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Morre jovem baleado há quase 2 meses pela PM em RO; família diz que abordagem foi 'desastrosa' Rating: 5 Reviewed By: Radio PrincesaWeb