Profissionais de saúde representam quase 40% dos casos confirmados de Covid-19 em RO

Dados estatísticos constam no painel dedicado à doença da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). No total, são 299 profissionais diagnosticados com Covid-19.
Dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) mais recentes revelam que os profissionais de saúde representam 39,6% dos casos confirmados do novo coronavírus em Rondônia.

O levantamento consta no painel de acompanhamento da pasta dedicado à doença, que indica que há 299 profissionais diagnosticados. O restante, 457 casos, são de outras profissões. A primeira morte confirmada no estado de um profissional da área foi confirmada nesta terça-feira (5).

Nesta terça-feira (5), a Sesau informou que em toda a rede estadual de saúde, 518 profissionais já foram afastados, sendo que 197 foram confirmados com Covid-19.

Dos 756 diagnósticos no boletim diário de segunda-feira (4), 299 eram de profissionais da saúde, o que representa quase 40% do total de infectados.
Quando analisados os casos por gênero, os números mostram que a maioria dos infectados em Rondônia é mulher, com 59,7% dos registros. As pessoas com idade entre 20 e 49 anos representam 69% dos pacientes com Covid-19.

1ª morte de profissional de saúde.

Evandro do Nascimento Mendonça, de 57 anos, trabalhava no Hospital de Base. Ele estava internado na Assistência Médica Intensiva (AMI), em Porto Velho, e morreu nesta terça com o novo coronavírus.

A Sesau confirmou a causa da morte e divulgou uma nota de pesar pelo falecimento do servidor.

Em homenagem ao colega de trabalha, profissionais da unidade em que Evandro trabalhou por mais de 30 anos fizeram um minuto de silêncio no corredor do hospital.

Coronavírus no HB
Na coletiva de imprensa da última segunda-feira (4), o secretário estadual de Saúde, Fernando Máximo, disse que mais de 200 servidores do Hospital de Base já foram afastados com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. Com isso, o estado tem:

220 profissionais afastados no HB;
49 testaram positivo;
47 testaram negativo;
105 profissionais aguardando o resultado dos exames.

Fonte - G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários