Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

As prováveis caras novas da Assembleia Legislativa para 2023

 Não sou especialista no assunto, tampouco possuo bola de cristal, mas se os números divulgados até agora estiverem certos, tudo indica que a Assembleia Legislativa de Rondônia começará a legislatura de 2023 com muitas caras novas


A poucos meses das eleições quase gerais (as exceções ficam por conta de prefeitos e vereadores, cujos mandatos vão até dezembro de 2024), começam a surgir pesquisas eleitorais para os mais diferentes cargos da República. 

Semana passada chegou às mãos do colunista uma sondagem para a Assembleia Legislativa de Rondônia, que teria sido realizada em meados desse janeiro. Nomes como Alex Redano, atual presidente da ALE-RO, Alan Queiroz, Jean Oliveira, Adelino Follador, Laerte Gomes e Ismael Crispin, todos deputados estaduais, aparecem nas primeiras colocações, com bons índices de aceitação popular.


Na sequência vem Luiz do Hospital, a ex-vereadora Joelna Holder, a primeira-dama do município de Porto Velho, Yeda Chaves, Coronel Ronaldo, Uender Nogueira, Advogado Valnei Rocha, Célio de Jesus, pastora Sandra, e o ex-deputado estadual Airton Gurgacz. Observei que, dos atuais 21 vereadores da Câmara Municipal de Porto Velho, só dois figuram entre os 24 mais bem colocados: o presidente da Casa, Edwilson Negreiros, e a vereadora Ellis Regina.


Surpreendeu-me, contudo, ausências como Eduardo Martins, Anderson do Singeperon, Ezequiel Neiva, todos eleitos no pleito de 2018 com mais de 11 mil votos, além dos representantes da capital, Marcelo Cruz e Jair Montes, eleitos com 8.802 e 6.567 votos, respectivamente. 

Por -Valdemir Caldas

tudorondonia

Postar um comentário

0 Comentários