Últimas Notícias

Rondônia

Policial

Últimas Notícias

Nasa registra erupções intensas no Sol

A agência espacial americana, a Nasa, divulgou imagens de tempestades solares intensas captadas nos últimos dias.

Na semana passada, uma sequência de pelo menos meia dúzia de erupções foi registrada pelo laboratório de dinâmica solar da agência. As chamadas ejeções de massa coronal (EMC) lançaram partículas superaquecidas a milhares de quilômetros de distância do Sol.

Quando intensas, estas explosões podem emitir radiação a uma distância suficiente para afetar as comunicações e a localização por satélite na Terra.

Entretanto, os cientistas dizem que, por causa da sua localização, as últimas tempestades solares não devem provocar grandes efeitos sobre o nosso planeta.

(Fonte: BBC Brasil)

Absurdo: Família chama polícia para tentar resolver descaso na saúde em Espigão D´Oeste

O drama da família começou na madrugada do dia 25 de agosto, quando Leonan Gasparelli Modesto de 31 anos, morador do bairro Vista Alegre em Espigão D´Oeste levou um tiro no peito numa tentativa de homicídio.

Segundo sua esposa Claudineia de Oliveira Santos, de início, Leonan foi prontamente atendido pelo Drº Guilherme e sua equipe de plantão. Após exame de raio-x, o médico de plantão tranquilizou a família com a notícia de que a situação da vítima era estável e que  ele não corria risco de morte.

Na última quinta-feira, a vítima começou a sentir forte dor, a esposa de Leonan clamou a enfermeira Margarida que chamasse o médico de plantão, porém esta teria se recusando a atender a solicitação alegando que o médico só atenderia em caso de emergência. Após quase 24h de dor intensa e muita reclamação, o plantonista resolveu fazer um novo raio-x que constatou um coágulo em torno do coração.
Diante da situação, já na sexta-feira, os médicos resolveram encaminhar Leonan para Porto Velho.

Não é novidade que a saúde em Rondônia vem sendo tratada com o mais absoluto descaso pelo poder público. Na noite desta sexta-feira, dia 29 de agosto, um fato que comprova o desrespeito a vida do ser humano aconteceu no Hospital Municipal de Espigão D´Oeste-RO.

Levando em conta o grave estado da vítima os médicos disseram a família que o transporte teria que ser em uma U.T.I móvel, porém não disponibilizaram tal veículo tão pouco tiveram a decência de tentar conseguir.
Desesperada e sem saber o que fazer a família de Leonan entrou em contato com Sylvio Carlos, secretário de saúde de Pimenta Bueno, o qual prontamente através do presidente da Câmara Municipal de Pimenta Bueno, Paulo Adail, conseguiu uma U.T.I móvel aérea.

Mas o que parecia ter sido solucionado era apenas o início de um grande descaso por parte do Hospital Municipal de Espigão D´Oeste.
Bastava apenas disponibilizar um médico, uma enfermeira e um técnico para acompanhar Leonan na U.T.I até Porto Velho, porém, o hospital alegou não ter profissionais disponíveis para acompanhar o paciente.
A família chegou a implorar por um médico, mesmo assim não atenderam. Desesperada, a família acionou a polícia militar que chegou rapidamente ao hospital.

O Drº José Gabriel e o Dr º Marcos Antônio estavam relacionados no plantão daquela noite, porém Marcos não foi localizado na unidade de saúde, conforme narrado no boletim de ocorrências de nº 0563/14. Segundo informações obtidas no próprio hospital, o Drº Marcos só apareceu após a chegada da polícia.

Laura Guedes, secretária de saúde do Hospital Municipal de Espigão, nem com a polícia compareceu ao hospital para ao menos tentar resolver o problema da família que padecia junto com a vítima.
Uma médica que atende na rede pública chegou a cobrar 5 mil reais para acompanhar o paciente. Após muita luta, polícia e confusão, a família finalmente conseguiu uma equipe médica para acompanhar o paciente, porém, por conta da demora,  a U.T.I não mais pode levantar vôo.

Mais uma vez revoltados com a situação de descaso, a família tentou contato com a secretária de saúde Laura, porém, a mesma não mais atendeu o telefone, inclusive a equipe do site Pimenta Virtual tentou contato por telefone e também não conseguiu.

Não tendo outra alternativa, a família resolveu levar Leonan para o Regional em Cacoal, porém, por falta de vagas não foi possível.

A vítima continua internada em estado grave no Hospital Municipal de Espigão, mais uma vez aguardando uma equipe médica para seguir até Porto Velho.

A família disse que vai representar contra o município, a secretária de saúde Laura Guedes e os médicos que estavam no Plantão

Brasil

Ciência & Tecnologia

Entretenimento

 
Copyright © 2013 Portal Princesa Web - O Portal da Zona da Mata
Design by FBTemplates | BTT