Últimas
quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Vigilância Sanitária de Alta Floresta começará a multar quem joga água servida na rua



O Departamento de Vigilância Sanitária de Alta Floresta D’Oeste anunciou nesta terça-feira (27), que vai começar a multar quem realiza o despejo de águas servidas na via pública. A decisão foi tomada após o órgão receber uma série de reclamações e denúncias da própria população, e também, depois de iniciar um trabalho de conscientização e notificação quanto a prática do ato.

É considerada água servida: água das pias da cozinha e dos banheiros, dos tanques e das máquinas de lavar roupas, dos chuveiros, dos sanitários e das piscinas.

Em julho deste ano, a Vigilância Sanitária deu início aos trabalhos de notificações, com base na Lei Municipal nº 559 de 31 de dezembro de 2001 (Código de Posturas), no capítulo II, que trata da “higiene dos passeios e dos logradouros públicos”, mais precisamente, no artigo 10, inciso IV, que diz que não é permitido “despejar sobre os logradouros públicos as águas de lavagem ou quaisquer outras águas servidas das residências ou dos estabelecimentos em geral;”.

Quem já foi notificado e não atendeu as exigências dentro do prazo estipulado pelos fiscais sanitários, está sujeito a multas que variam entre 5 e 50 UPF. Atualmente, uma UPF é R$ 53,05.

Quanto ao destino correto com relação à água servida, o ideal é que ela seja canalizada até uma fossa séptica.

Durante as visitas, os fiscais da Vigilância Sanitária prestam orientações e procuram conscientizar os moradores. “O principal objetivo não é multar e sim fazer com que as pessoas resolvam o problema e se conscientizem”, destacou um dos fiscais, citando ainda que a água servida que é jogada nas ruas e avenidas prejudica o asfalto e pode causar doenças, comprometendo o bem estar da população.

A Secretaria Municipal de Obras tem feito diversos reparos nas ruas, sendo que em muitos endereços a recuperação tem que ser constante, devido aos estragos feitos pela água servida que é lançada no meio da via pública.

A situação acaba se agravando mais com a presença de sabão, detergentes, saponáceos, alvejantes, óleo de cozinha e outros produtos químicos que aceleram a destruição das ruas, além de contaminar o meio ambiente.

Os interessados em realizar denúncias ou reclamações quanto ao despejo de água servidas podem entrar em contato com a Vigilância Sanitária através do telefone: (69) 3641-3505.
FONTE: Decom

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Vigilância Sanitária de Alta Floresta começará a multar quem joga água servida na rua Rating: 5 Reviewed By: Radio PrincesaWeb