Últimas
domingo, 24 de fevereiro de 2019

Alta Floresta D´Oeste Ro registra baixo risco de infestação do Aedes aegypti



O último Levantamento de índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) aponta que Alta Floresta D’Oeste está com baixo risco para infestação do mosquito vetor de doenças como dengue, Zika e chikungunya./
O resultado foi de 0,4%, de acordo com o relatório divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta terça-feira, dia 19 de fevereiro. O LIRAa é um mecanismo que aponta onde há índices de infestação de larvas do Aedes e trabalha na eliminação dos focos do mosquito.
A classificação leva em conta as porcentagens: inferiores a 1%: condições satisfatórias; de 1% a 3,9%: situação de alerta; e superior a 4%: risco de surto de dengue, Zika e Chikungunya.

O secretário Municipal de Saúde, Adenilson Anacleto, atribui o resultado aos trabalhos preventivos, as campanhas realizadas pela secretaria e as ações desenvolvidas pelos agentes comunitários de saúde. “A participação da população nas ações de combate ao mosquito também é importante para manter a cidade com baixo índice”, destacou.

O que é o LIRAa?

O Mapa da Dengue, como é chamado o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), é um instrumento fundamental para o controle do mosquito.

Com base nas informações coletadas no LIRAa os gestores podem identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de depósito onde as larvas foram encontradas.O objetivo é que, com o levantamento, os municípios tenham melhores condições de planejar ações de combate e controle ao mosquito Aedes aegypti.

Reportagem: Leandro Pereira

FONTE: Florestanotícias.com

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Alta Floresta D´Oeste Ro registra baixo risco de infestação do Aedes aegypti Rating: 5 Reviewed By: Radio PrincesaWeb