Mãe e filha morrem após colisão entre motos no Dia das Mães em RO

Motociclista conduzia em alta velocidade, quando perdeu controle da direção e colidiu de frente contra moto em que mãe e filha estavam, em Ariquemes. Rapaz está em estado grave.

Uma mulher de 49 anos e a filha de 20 anos morreram após uma grave colisão entre motos, na noite do último domingo (12), Dia das Mães, na Avenida Perimetral Leste, no Setor Parque das Gemas, em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Um motociclista de idade não informada foi socorrido em estado grave.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), Lezir Martins Ramos e a Filha Beatriz Ramos estavam em uma motoneta e trafegavam pela via sentido Avenida Canaã.

Já o rapaz conduzia uma motocicleta, em alta velocidade, sentido Avenida Jamari, quando ele perdeu o controle da direção do veículo, invadiu a pista contrária e colidiu de frente contra a motoneta.


O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros foram solicitados para socorrerem as vítimas. Mas ao chegarem no local, constataram que mãe e filha estavam sem vida.

A perícia técnica compareceu no local da colisão para realizar os trabalhos investigativos e a Polícia Civil investiga o que teria provocado o acidente.


Conforme o Samu, o motociclista sofreu politraumatismo craniano, lesões nos braços e lesões internas. Ele foi socorrido em estado grave ao Hospital Regional de Ariquemes, mas devido à gravidade, ele foi transferido para o Hospital João Paulo II, em Porto Velho.

Na manhã desta segunda-feira (13), a assessoria da unidade hospitalar da Capital informou ao G1 que o motociclista foi encaminhado para o centro cirúrgico e que aguardava a saída para emitir o laudo sobre o estado de saúde do rapaz.

Homenagem às vítimas
Em sinal de luto, internautas fizeram homenagem à mãe e filha nas redes sociais, lamentando a perda de duas pessoas queridas.

"Hoje o mundo ficou menor, mais pobre, mais frágil. Minha amiga partiu, já não está entre nós. Porém, ela viverá sempre nos corações de quem teve o grande privilégio de a conhecer. Ela sempre foi honesta e sincera. Seu jeito de enxergar a vida e as pessoas era diferente, maravilhoso", disse uma usuária no perfil de Lezir.

"Nunca vou me esquecer das brincadeiras, sorrisos, conversas e abraços. Todos os momentos que tivemos juntas ficarão pra sempre em meu coração. Beatriz e Lezir, pessoas incríveis e admiráveis, vou me lembrar de vocês alegres como sempre foram", comentou outra internauta.

Lezir Martins Ramos trabalhava como agente comunitária de saúde, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Setor 9 e a filha Beatriz Ramos estagiava na Creche Municipal Sonho de Criança, também no Setor 9.
Fonte G1/RO.

Postar um comentário

0 Comentários