Atividades do Núcleo de Operações Aéreas são reativadas em Rondônia


Após seis meses de inatividade, o Núcleo de Operações Aéreas (NOA) foi reativado durante cerimônia realizada em um hangar na Zona Leste de Porto Velho nesta quarta-feira (7). Com o investimento de pouco mais de R$ 1,3 milhão, o NOA volta a contar com a aeronave Falcão 02.

O helicóptero vai prestar apoio a ações da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Técnica e Corpo de Bombeiros, e teve locação garantida até o final de 2019. O primeiro voo foi realizado na manhã desta quinta.

Segundo o secretário de segurança José Hélio Pachá, a aeronave dá mais condições de cobertura a ações de repressão a assaltos, roubos de pessoas e veículos, recaptura de foragidos e reintegração de posse.

"O Falcão 02 atuava ano passado e nos últimos seis meses estava parado. Ele aumenta a segurança das ações de reintegração de posse, por exemplo, onde o clima pode ficar tenso e pode haver conflito. No passado já foi comprovado que esse apoio aéreo é significante para evitar que o confronto acontecesse" explica o secretário.

Fonte: G1 RO

Postar um comentário

0 Comentários