Alta Floresta: Cafeicultor Valcemir Canoé ficou em 2° lugar no Concurso Tribos

Em um evento realizado na ultima quinta feira dia (12/09), no Cacoal Selva Park.
o cafeicultor Indígena Valcemir Canoé, ficou  Em 2° lugar com  89,38 pontos, com notas de ameixa, uva passa, conhaque e chá preto. Ele é da Aldeia São Luiz, localizada na Terra Indígena Rio Branco, em Alta Floresta D'Oeste. A compra das sacas foi por R$2.000,00 cada uma e recebeu mais R$15.000,00 em dinheiro. 

já o cafeicultor Yamixãrah Suruí, da Aldeia Tikã, da Terra Indígena Sete de Setembro, ficou com o 1° lugar. O café dele obteve 89,63 pontos com notas de chocolate, caramelo e frutas amarelas. Este café foi comprado por R$3.000,00 cada saca e ele recebeu mais R$25.000,00 de prêmio em dinheiro.

O 3º lugar foi para o cafeicultor Erivelton Mopimoy Surui, com 88,94 pontos, com notas de tâmaras, doce de leite, guaraná e cravo. Ele é da Aldeia Joaquim, da Terra Indígena Sete de Setembro, em Cacoal. O Grupo 3 Corações adquiriu este lote por R$1.000,00 cada saca e ofereceu mais R$10.000,00 de premiação.

Esse projeto e desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura (SEMAGRI), que conta com  apoio da EMBRAPA, e da FUNAI, Emater-RO, e é  incentivado pela empresa três corações, que incentiva a produção do cafe de qualidade.

O Secretario Giovan Damo, destacou a importância das parcerias entre todos os envolvidos, onde os resultados tem a cada dia superando muitas vezes as expetativas com excelentes resultados.
onde o Prefeito Carlos Borges, sempre também tem zelado pelo incetivo a essas praticas, que serve de exemplos para outros cafeicultores do nossa município. 






Fonte - Assessoria



Postar um comentário

0 Comentários