Apoiadores de Bolsonaro e Moro são separados após confusão na PF de Curitiba



A Polícia Militar (PM) teve de separar os manifestantes em Curitiba antes do depoimento do ex-ministro Sérgio Moro na investigação que apura interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal (PF) na manhã deste sábado (2). Cerca de 50 manifestantes pró-Bolsonaro e seis pró-Moro estão em frente à sede da PF no bairro Santa Cândida, onde Moro vai depor na investigação aberta pelo Supremo Tribunal Federal (STF).Ambos os grupos trocam ofensas.

Antes da chegada de Moro, um manifestante chegou a agredir uma equipe de reportagem de TV. Após a confusão, a PM separou os manifestantes a favor de Bolsonaro dos manifestantes a favor de Moro. Ambos os grupos estão separados por cerca de 50 m de distância por um cordão de PMs.


Moro ainda não chegou para prestar o depoimento à PF. O depoimento estava marcado para às 11 horas, mas o horário foi alterado e a expectativa é que o depoimento comece por volta das 14 horas. Até meio-dia, o ex-ministro ainda não havia chegado.


Fonte - https://www.tribunapr.com.br/

Postar um comentário

0 Comentários