Últimas

6/recent/ticker-posts

Vilhena proíbe entrada de viajantes com febre ou sintomas da Covid-19

Circulação de carros e pessoas também será restringida entre 23h e 5h. Medidas valem a partir de segunda, 18.

Por causa do aumento de casos de coronavírus em Vilhena (RO), o prefeito Eduardo Japonês assinou um decreto nesta quarta-feira (13) com regras para restringir a circulação de pessoas e carros a partir de 18 de maio. Além disso, o município decidiu proibir a entrada de viajantes na cidade com sintomas da Covid-19, desde que estes não sejam moradores do município.

Conforme o decreto de Emergência em Saúde Pública, a circulação de pessoas e veículos nas vias, espaços e equipamentos públicos ficará restrita a partir de segunda-feira. A restrição será entre 23h e 5h. Só poderão circular moradores o carros que prestem serviços ligados à saúde emergencial, como hospitais, farmácias e respectivos entregadores, busca de atendimento emergencial de saúde ou aquisição de item de saúde emergencial, prestação de serviço público essencial e emergencial ou que não pode ser desenvolvido em outro horário.

A locomoção para o trabalho só será permitida se a pessoa não puder desenvolver tal atividade em outro horário, fora do período de restrição. Nas ruas, as autoridades de fiscalização poderão exigir documentos comprobatórios para quem circular a partir de 23h.

Barreiras sanitárias
Ainda na segunda-feira, a prefeitura vai instalar barreiras sanitárias nas entradas do município. "Serão impedidas de entrar na cidade os ocupantes de veículos que não comprovarem residência no município, com quadro de febre ou outros sintomas característicos da Covid", diz a prefeitura.

Para os outros ocupantes de veículos, que não comprovarem residência no município e os ocupantes de ônibus interestaduais sem sintomas que decidam descer na cidade, por exemplo, ao desembarcarem em Vilhena eles receberão orientações de permanecer em quarentena pelo prazo mínimo de 15 dias. Esse isolamento será monitorado por equipes de Saúde.

O que será permitido entrar no município pelas barreiras?
Veículos de carga e abastecimento
Transporte de mercadorias
Casos de urgência/emergência médica.
"Todas as atividades comerciais continuam permitidas de funcionar, desde que sigam regras de prevenção e higiene. O fechamento de atividades comerciais depende de 80% dos leitos destinados para tratamento de Covid-19 estarem ocupados no município", informou a prefeitura.

Nesta quarta-feira há 36 leitos, sendo 10 UTIs com respirador e 26 leitos de internação comum.

A prefeitura pede que, para quem tiver sintomas de gripe, entrar em pelos telefones: (069) 3321-4338 (das 7h às 13h e das 15h às 17h) ou 98442-1163.

Casos Covid-19 em Vilhena
Até o último balanço do município, a cidade tem 14 casos confirmados do novo coronavírus e 12 casos suspeitos da doença.
Fonte: G1/RO.

Postar um comentário

0 Comentários