Últimas

6/recent/ticker-posts

Ji-Paraná e mais 23 cidades voltam a fechar, e somente serviços essenciais podem funcionar por 14 dias

Fonte - Rondoniatual


Não somente a Capital de Rondônia foi obrigada a retornar para a fase mais rígida do
distanciamento social definido pelo Governo do Estado como forma de enfrentamento ao
Coronavírus. Na realidade, 24 cidades, quase metade dos municípios rondonienses deve
fechar o comércio e manter apenas as atividades essenciais já a partir de quarta-feira e por
14 dias. O principal problema é em Porto Velho, que atingiu 12.795 casos da doença e 389
mortes.
Uma audiência na Justiça, que demorou mais de 5h30, acabou unindo Prefeitura e Governo
para a tomada de ações mais energéticas de enfrentamento. As medidas serão anunciadas
30/06/2020 Porto Velho e mais 23 cidades retornam para fase 1 e devem manter só serviços essenciais; veja lista 
Segundo a Portaria Conjunta 11, publicada pelo Diário Ocicial, as principais cidades de
Rondônia retornam para a fase 1, devendo abrir apenas serviços essenciais por 14 dias.

Confira:
1. Porto Velho
2. Ariquemes
3. Guajará-Mirim
4. Jaru
5. Machadinho D’Oeste
6. Buritis
7. Nova Mamoré
8. Candeias do Jamari
9. Cujubim
10. Alto Paraíso
11. Campo Novo de Rondônia
12. Itapuã do Oeste
13. Governador Jorge Teixeira
14. Ji-Paraná
15. Vilhena
16. Cacoal
17. Rolim de Moura
18. Pimenta Bueno
19. Ouro Preto do Oeste
20. Espigão do Oeste
21. São Miguel do Guaporé
22. Alta Floresta do Oeste
23. Presidente Médici
24. Pimenteiras do Oeste

Confira o que pode abrir durante esse período:

a) açougues, panificadoras, supermercados e lojas de produtos naturais;
b)atacadistas e distribuidoras;
c) serviços funerários;
d) hospitais, clínicas de saúde, clínicas odontológicas, laboratórios de análises clínicas e farmácias;
e) consultórios veterinários e pet shops;

f) postos de combustíveis, borracharias e lava-jatos;
g) oficinas mecânicas, autopeças e serviços de manutenção em geral;
h) serviços bancários, contábeis, lotéricas e cartórios;
i)  restaurantes e lanchonetes localizadas em rodovias;
j) restaurantes e lanchonetes em geral, para retirada (drive-thru e take away) ou entrega em domicílio (delivery);
k) lojas de materiais de construção, obras e serviços de engenharia;
l) lojas de tecidos, armarinhos e aviamento;
m) distribuidores e comércios de insumos na área da saúde, de aparelhos auditivos e óticas;
n) hotéis e hospedarias;
o) segurança privada e de valores, transportes, logística e indústrias;
p) comércio de produtos agropecuários e atividades agropecuárias;
q) lavanderias, controle de pragas e sanitização ; e
r) outras atividades varejistas com sistema de retirada ( drive-thru e take away) e entrega em
domicílio (delivery);

Secretário de saude fala sobre a fase 1 que volta a fechar o comércio:


Postar um comentário

0 Comentários