Últimas

6/recent/ticker-posts

IGP-M acumula alta de 23% em 2020

Índice é utilizado no reajuste de aluguéis, contas de luz e telefone

 Publicado em terça-feira, 29 Dezembro, 2020 - 19:05 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro


O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) - referência para reajuste de aluguéis e serviços - acumulou inflação de 23,14% em 2020. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (29) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).


Na comparação com 2019,  o IGP-M acumulou alta de 7,30% em 12 meses.   


O economista do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas, André Braz, lembrou que a pandemia afetou o crescimento do país, que já não estava bom. E, a este cenário, somou-se a alta dos preços de matérias-primas. Os dois fatores acabaram influenciando o índice. No entanto, o economista acredita que o cenário em 2021 poderá ser melhor.


André Braz tranquiliza aqueles que se preocupam com o aluguel,  ao afirmar que, apesar de ser referência nos contratos, o IGP-M não vem sendo considerado nos reajustes atualmente, quando as negociações entre inquilinos e proprietários têm prevalecido.


O IGP-M também é um dos índices que compõem os reajustes de empresas de telefonia e de energia elétrica, além de contratos de empresas prestadoras de serviço de diversas categorias, como educação e planos de saúde.


Edição: Ana Pimenta- EBC


Postar um comentário

0 Comentários