Últimas

6/recent/ticker-posts

Operação investiga entrada de celulares em presídio de São Miguel do Guaporé, RO

 Policial penal é investigado por receber dinheiro para deixar celulares entrarem na Cadeia Pública da cidade. Seis mandados de prisão preventiva foram cumpridos.



Uma operação foi deflagrada pelo Ministério Público de Rondônia e a Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (11) para investigar a entrada de celulares na Cadeia Pública de São Miguel do Guaporé (RO).


Seis pessoas foram presas preventivamente na Operação Rádio e 11 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. As ações aconteceram nas cidades de São Miguel do Guaporé(RO), Alvorada do Oeste(RO), Urupá(RO) e Cáceres(MT).


Na primeira fase da operação também foram realizadas quebra de sigilo bancário e telefônico e autorizações para extração de dados de aparelhos eletrônicos apreendidos. Uma inspeção minuciosa ainda foi realizada dentro da casa de detenção para o recolhimento de objetos ilícitos.


Segundo a Promotoria de Justiça, há indícios de que os presos vinham contando com a ajuda de um policial penal para receber os aparelhos celulares dentro da cadeia local, assim como outros objetos ilícitos, mediante o pagamento de elevadas somas ao agente.


As investigações tiveram início em 2020 e desde então foram realizadas diversas medidas para apurar o suposto crime, incluindo a interceptação telefônica dos principais alvos, o que permitiu acompanhar o funcionamento do esquema criminoso em tempo real.


A operação recebeu o nome de "Rádio" por ser a denominação comumente utilizada pelos apenados para se referir aos aparelhos celulares.

Por G1 RO

Postar um comentário

0 Comentários