Últimas

6/recent/ticker-posts

Rondônia tem 116 pacientes à espera de leito de UTI, um novo recorde de fila

 Situação é ainda mais crítica na cidade de Ariquemes, onde dois pacientes morreram na UPA enquanto aguardavam leitos de UTIs no Centro de Afecções Respiratórias.



A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou que há 116 pacientes na fila de espera por leito de UTI. Os dados correspondem aos números divulgados até 16h (local) desta segunda-feira (8). Esse é o maior número de espera por vaga em UTI.


A situação é crítica não só na capital Porto Velho, mas também em Ariquemes, onde dois pacientes morreram na UPA enquanto aguardavam leitos de UTIs no Centro de Afecções Respiratórias (CAR).


Ainda segundo indica o Painel Covid, 12 hospitais de Rondônia seguem com os leitos de UTIs 100% ocupados e isso faz a fila de pacientes aumentar.


As unidades de saúde com 100% de lotação são:


Hospital Adamastor Teixeira de Oliveira - Vilhena

Centro de Afecções Respiratórias - Ariquemes

Hospital de Campanha Zona Leste - Porto Velho

Hospital Cândido Rondon (HCR) - Ji-Paraná

Hospital de Campanha- Porto Velho

Hospital do Amor- Porto Velho

SAMAR - Porto Velho

Cemetron - Porto Velho

Hospital Regional - São Francisco do Guaporé

Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HB) - Porto Velho

Hospital Urgência e Emergência (Heuro) - Cacoal

Hospital Regional - Cacoal

Na tarde de domingo (7), o estado tinha 85 pacientes esperando por leito de UTI, e nesta segunda subiu para 116.

Macrorregiões

Em relação sobre as UTIs das macrorregiões, na tarde desta segunda-feira a situação era a seguinte:


A macrorregião I está com 97,3% das UTIs ocupadas

A macrorregião II tem 98,5% de ocupação de UTIs

Já quanto aos leitos clínicos (enfermarias), a situação também segue em alerta nas duas esferas:


A macrorregião I registra 82% dos leitos clínicos ocupados

A macrorregião II tem 71% de ocupação em todas enfermarias

40% de todas as mortes por Covid em Rondônia ocorreram nos primeiros 65 dias de 2021

Fonte - G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários