Últimas

6/recent/ticker-posts

Um simples banho de cachoeira quase se tornou numa tragédia em Nova Brasilândia; Veja o Vídeo

                          

Acostumados a um banho de cachoeira na linha 21, lado Sul, várias pessoas com familiares, inclusive crianças, se divertiam neste final de semana, como costumeiramente fazem. Mas a calmaria do local, por pouco, não se torna uma tragédia com desdobramentos imensuráveis. 

Num determinado momento, um barulho incomum pode ser ouvido, aumentando a cada segundo, e, inesperadamente, um volume de água jamais visto no local, pegou de surpresa os banhistas.

Algumas pessoas já prevendo algo estranho, deixaram imediatamente o banho e se acomodaram em locais mais altos com as crianças, mas os menos preocupados tiveram de segurar em galhos de árvores, para que não fossem levados pelo grande volume de água. Por sorte nenhum incidente ocorreu, causando apenas algumas perdas materiais.

Esse fenômeno da natureza é conhecido como cabeça d’água, e pode ser confundida com tromba d’água. A cabeça d’água ocorre especificamente sobre cabeceiras de rios ou cachoeiras, é mais comum no verão devido à grande quantidade de chuvas. Ela ocorre quando uma nuvem volumosa se rompe rapidamente em forma de chuva rápida, despejando muita água aumentando o volume do rio ou cachoeira, por isso se torna tão perigosa.

Já a tromba d’água é quando uma nuvem intensa de chuva forma uma espécie de funil sobre uma área aberta e com muita água, como acontece nos oceanos e rios caudalosos.

Nessa época de verão as pessoas buscam rios e cachoeiras com o intuito de se refrescarem, contudo é preciso observar pequenas mudanças no ambiente e no clima para evitar correr riscos.

O fenômeno climático cabeça d’água já provocou mortes em muitas regiões do país, e ocorre quando muita chuva cai rapidamente sobre áreas de rio causando rapidamente o aumento repentino do volume de água, que acaba surpreendendo os banhistas.


Fonte: Brasilândia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários