Últimas

6/recent/ticker-posts

Secretário de segurança acredita ter visto Lázaro Barbosa: ‘Estava em um vale a 1 km’





O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, disse na noite desta sexta-feira (18) que acredita ter visto Lázaro Barbosa, de 32 anos, durante buscas na região de Cocalzinho de Goiás. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele foi visto em um chiqueiro nesta tarde, mas fugiu novamente para vegetação.

“A visualização foi de longe. Tenho quase certeza que eu cheguei a vê-lo a 1 km de distância do outro lado de um vale. A movimentação dele foi de uma pessoa que estivesse ferida nas pernas, mas não deu para ver o resto”, informou.
Por volta das 15h40 houve uma intensa movimentação de viaturas da corporação. O secretário deixou a base de operações dez minutos depois para acompanhar as buscas e retornou para o local às 19h48.

VÍDEOS: os relatos, os momentos de tensão e as últimas notícias da fuga de Lázaro
VÍDEO: Os passos de Lázaro nos últimos dias
QUEM É LÁZARO: veja crimes, fuga cinematográfica e buscas em Goiás
Na noite de quinta-feira (17), o secretário informou que Lázaro pode estar ferido por conta de panos que foram encontrados sujos de sangue durante buscas. No entanto, ele reforçou que ainda não há esta confirmação e que os objetos estão sendo periciados.



Segundo Miranda, Lázaro está agindo sozinho em um plano “incandescido de fuga”. O secretário informou ainda que, desde segunda-feira (14), foram de três a quatro encontros de policias militares com o suspeito.


Uma barreira com policiais foi montada na BR-070, que dá acesso a Águas Lindas de Goiás na tarde desta sexta-feira. No entanto, Miranda descartou a hipótese do criminoso ter fugido para o município e disse que as buscas vão continuar durante à noite.


"Queremos pegar até amanhã de manhã o Lázaro. Cada dia a gente conhece mais ele. Cada dia a gente conhece mais o terreno. Cada dia a nossa tropa está mais preparada” ", disse.

Por Guilherme Rodrigues e Vitor Santana, G1 GO — Cocalzinho de Goiás



Postar um comentário

0 Comentários