Últimas

6/recent/ticker-posts

Alta Floresta: A força da agropecuária na Zona da Mata

Com um rebanho de 473.192 cabeças de gado, segundo dados do IDARON o município é destaque com um dos maiores rebanhos no Estado de Rondônia e essa força a cada dia vai crescendo, com investimentos para reduzir tempo de engorda, pois o boi pré-confinamento já está sendo muito utilizado por vários produtores, onde o boi engordado a pasto, vai para um confinamento, que normalmente fica 90 dias até ir para o abate. Segundo relatos de alguns produtores, apesar dos custos com ração, essa técnica é rendável, onde acaba sendo compensado os custos com ração. 

Outra realidade no município é a pecuária leiteira, onde segundo o IDARON (Agência Agrosilvopastoril), o município conta com 11.951 cabeças, sendo a maior parte concentradas nos distritos de Izidolândia e Filadélfia. Todo esse volume econômico alavanca parte do comércio, principalmente lojas do setor agropecuário, responsável para fornecer os insumos usados no setor, deixando um grande número de empregos no município, que apesar da crise econômica, provocada pela pandemia, não para de crescer.

Mas toda essa riqueza não para por ai, no município já existe um frigorífico ainda considerado de pequeno porte, que vem crescendo muito nos últimos anos, gerando hoje diretamente mais de 100 empregos e outras dezenas de empregos indiretos, onde a família Krause vem acreditando no potencial dessa pecuária, já conseguindo conquistar um espaço importante no mercado regional e estadual, um mercado que promete ser muito promissor, pois cada dia novas tecnologias estão sendo implementadas na produção de carnes do chamado boi verde, carne que é cobiçada no mundo todo por vários mercados.  

                                                                           Frigokrause

Mesmo assim os dados econômicos no município ainda é considerado baixo segundo o IBGE.

Em 2019, o salário médio mensal era de 1.8 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 13.2%. Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 25 de 52 e 19 de 52, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 3125 de 5570 e 2635 de 5570, respectivamente. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 41.8% da população nessas condições, o que o colocava na posição 24 de 52 dentre as cidades do estado e na posição 2496 de 5570 dentre as cidades do Brasil.

Fonte - Airton Jose, Portal Princesa Web

Postar um comentário

0 Comentários