Últimas

6/recent/ticker-posts

Festival Tambaqui da Amazônia: Veja onde retirar o peixe assado neste domingo (19)

Festival acontece em 30 cidades de Rondônia e em todas capitais do país. Objetivo do evento é promover, divulgar e incentivar o consumo do tambaqui dentro e fora de Rondônia

O público que já adquiriu um ticket do 2° Festival de Tambaqui da Amazônia poderá retirar a banda de peixe assado em 30 cidades de Rondônia neste domingo (19).


A intenção do festival é promover, divulgar e incentivar o consumo do tambaqui dentro e fora de Rondônia.


Segundo o governo de Rondônia, os tambaquis assados serão entregues em caixinhas padronizadas de papelão e a entrega no formato drive thru, seguindo os protocolos sanitários de prevenção ao coronavírus.


Em Ji-Paraná (RO), na região central do estado, mais de 1 mil bandas de tambaqui serão assadas e comercializadas no domingo. Já na capital Porto Velho serão 4 mil bandas do peixe nativo da Amazônia.


"Todas as bandas de tambaqui entregues foram processadas em plantas de processamento de pescado com Serviço de Inspeção Sanitária Federal ou Estadual", diz a organização. Os bilhetes para cada banda de peixe foram vendidos por R$ 20.


Veja onde retirar o peixe assado nas 30 cidades de Rondônia

Porto Velho: Estacionamento do Centro Político Administrativo (CPA), na Av. Farquar, de 10h às 14h;

Jaru: Esloc da EMATER, Rua Goiás, 3671 Setor2

Ji-Paraná: Ginásio Genivaldão, às margens da BR-364

Cacoal: Sede do Lions Clube Cacoal, Rua Florianópolis, 1545, Bairro Liberdade

Vilhena: Igreja Católica Nossa Senhora Aparecida, Av. Capitão Castro, 4154

Ariquemes: Sede do Lions Clube Av Canaã, 5128, Parque das Gemas

Candeias do Jamari: Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, Rua Dom Bosco, 97, Centro

Mirante da Serra: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), na Rua Marechal Rondon

Ouro Preto: Escritório Local da Emater, na Rua dos Seringueiros, 541, Bairro Jardim Tropical

Presidente Médici: No escritório da Emater, na Rua Santos Dumont, 3080, Centro

Teixeirópolis: Barracão do Agricultor Luis Borges, Centro

Theobroma: Bosque Municipal de Theobroma, Av. Monte Sião, 425

Urupá: Associação dos Agropecuaristas de Urupá (AAPEUR), LH C4, LT 31, GL 04

Vale do Paraíso: Associação Unidos pela Vida, Rua Ipê, 4327

Alto Paraíso: Salão Paroquial da Igreja Católica, Rua Padre Josino, 3397, Centro

Buritis: Paróquia Santa Marta, Rua Joaquim Nabuco, 1354

Cacaulândia: Centro Social Nossa Senhora do Carmo, Rua Manoel C. do Carmo, 1335, Setor07

Campo Novo de Rondônia: Barracão da feira, Av Tancredo Neves, Centro

Cujubim: Club Serc, Av. Rouxinol, esquina com Maracanã

Machadinho D'Oeste: Galpão da Cagero (SEAGRI), ao lado do DER

Monte Negro: Esquina da Av. Governador Jorge Teixeira- Centro, com a Av Marechal Rondon

Rio Crespo: Barracão da Igreja católica, Rua Francisco Chiquilito Erse, 1218, Centro

São Francisco do Guaporé: Sede da Apae - Rua Manaus 3240, bairro Alto alegre

Alvorada do Oeste: Escritório da EMATER, Rua Guimarães Rosa, Centro

Itapuã do Oeste: Ao lado do Prédio da Prefeitura

Alta Floresta: Av. Minas Gerais esquina com Rua Fortaleza, 4405, Cidade Alta e Praça Castelo Branco

Rolim de Moura: Lions Clube, localizado a Travessa Relíquia, nº 4691, Bairro Olímpico

Pimenta Bueno: Sede do Lions Clube, Av Padre Feijó 1090, Bairro Vila Nova

Colorado do Oeste: Salão de festas da Igreja Matriz Nossa Senhora Aparecida, Rua Rio de Janeiro - Centro

 Além de Rondônia, o Festival de Tambaqui será feito em 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal, além da cidade de Itajaí (SC).


A expectativa é assar, ao mesmo tempo em todo o Brasil, cerca de 35 mil bandas de tambaqui, uma média de 500 bandas por cidade, sendo que Porto Velho terá o maior número.


Rondônia é atualmente o maior produtor de peixes nativos em cativeiro do Norte e o terceiro maior produtor do Brasil, com mais de 65 mil toneladas por ano.

Fonte G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários