Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

Pai de jornalista morto por assaltantes é enterrado sob homenagens em RO

 Vigilante, que era militar reformado do Exército, morreu depois de ser baleado por criminosos durante uma tentativa de assalto em Porto Velho. Sepultamento aconteceu nesta quinta-feira (16) em Candeias.


O corpo de D'vângelo Cavalcante do Nascimento foi enterrado nesta quinta-feira (16) no cemitério público de Candeias do Jamari (RO), região metropolitana de Porto Velho. O vigilante, que era pai do jornalista Jefferson Oliveira, morreu depois de ser baleado por criminosos durante uma tentativa de assalto na capital na noite de terça-feira (14).


O velório aconteceu na Câmara de Vereadores de Candeias e foi o momento que amigos, colegas de trabalho e familiares prestaram as últimas homenagens a D'vângelo.


Depois houve um cortejo na cidade e o corpo do vigilante foi levado até o cemitério municipal.

Marcelo de Oliveira, que trabalhou com D'vângelo, diz que a morte foi uma perda para toda categoria de mototaxistas de Candeias. Isso porque além de trabalhar como vigilante, a vítima trabalhava no transporte de passageiros.


"O Cavalcante, como a gente chamava, era muito querido no meio da classe de mototaxistas e também no meio dos colegas da área militar. É uma perda que a gente não sabe explicar. Torcemos que tenha justiça".


"Não conseguimos entender como uma pessoa boa, trabalhadora, e acontecer uma situação tão trágica como essa. O sentimento é de impunidade. Esperamos que os criminosos sejam presos", disse o mototaxista durante o velório do amigo.

Segundo a família, D'vângelo também era militar reformado do Exército Brasileiro. Ele deixou a esposa, Fátima Aro Mendonça, e três filhos: Maryane Melina, Drielly Nazinha e o jornalista Jefferson Oliveira, que trabalha no Grupo Rede Amazônica em Porto Velho.


Morto durante o trabalho

D'vângelo Cavalcante do Nascimento, que tinha 50 anos, foi morto com um tiro na última terça-feira enquanto fazia a vigilância de uma empresa no residencial Cristal da Calama, em Porto Velho.


Imagens do sistema de monitoramento mostram o momento em que dois suspeitos pulam a cerca pelos fundos do galpão.

Em seguida um deles aparece em posse de uma arma de fogo, aponta na direção de D'vangelo e efetua um disparo contra a vítima, que é atingida no tórax e morre no local. Os suspeitos então fogem sem levar nada.

D'vângelo era pai do jornalista Jefferson Oliveira, que é colaborador do Grupo Rede Amazônica em Porto Velho.


Nenhum suspeito de atirar e matar D'vângelo foi preso. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Patrimônio, pois houve "a intenção de roubo" por parte dos criminosos.

A ocorrência foi registrada como latrocínio, quando o resultado do assalto termina em morte.

Fonte G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários