Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

Cesta básica encerra junho custando quase metade do salário mínimo em Porto Velho

 Levantamento foi realizado pelo Programa de Educação Tutorial do curso de Ciências Econômicas da Unir. Tomate, café e leite foram os produtos com as maiores altas em um ano.

A cesta básica em Porto Velho encerrou o mês de junho custando R$ 552,21, o equivalente a 45% do salário mínimo atual, que está em R$ 1.212. O preço também é 0,94% maior que o cobrado pela mesma cesta em maio deste ano, quando custava R$ 547,06.

O levantamento foi realizado pelo Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e apontou que, em comparação com o mesmo mês do ano anterior, a alta nos preços da cesta básica foi de 20,59%.

Foram pesquisados os preços de 12 itens da cesta básica em diversos estabelecimentos da cidade.

Um mês
Na comparação com o mês de maio deste ano, cinco itens, dos 12 pesquisados, tiveram alta no último mês, sendo a manteiga o líder do ranking:

Manteiga: 17,18%
Leite: 15,53%
Pão: 9,88%
Banana: 3,33%
Feijão: 1,27%
Enquanto os outros sete produtos apresentaram queda nos preços, sendo eles: tomate (-11,08%), óleo (-2,38%), arroz (-1,82%), carne (-1,72%), café (-1,58%), açúcar (-1,04%), farinha (-0,07%).

Um semestre
Já levando em consideração os dados do semestre, de janeiro a junho de 2022, o leite ganha destaque, com um aumento de mais de 40%.

Leite: 41,84%
Feijão: 34,62%
Manteiga: 21,98%
Pão: 21,90%
Óleo: 19,77%
Café: 10,95%
Farinha: 8,31%
Açúcar: 2,58%
Arroz: 1,34%
Tomate: 0,01%
Dos 12 itens pesquisados pela equipe do PET, apenas dois tiveram queda nos preços nesse semestre: banana (-6,60%) e carne (-7,10%).

Um ano
Enquanto na comparação com junho de 2021, o tomate foi o produto que apresentou a maior variação no preço, chegando a ficar quase 75% mais caro. O café e o leite completam o top 3 do ranking:

Tomate: 74,65%
Café: 70,85%
Leite: 39,75%
Óleo: 31,20%
Banana: 29,43%
Manteiga: 28,94%
Pão: 27,22%
Açúcar: 27,04%
Feijão: 21,63%
Farinha: 3,51%
Já o arroz e a carne tiveram uma queda no preço médio de -17,34% e -2,13%, respectivamente.

Fonte - G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários