Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

De nomes conhecidos a novatos: saiba quem são os 14 secretários e 3 secretárias do governo de RO

 Cerimônia de posse aconteceu esta semana, no Teatro Estadual Palácio das Artes. Ao todo, são 17 secretários e chefes de autarquias.


Os secretários e chefes de autarquias do novo mandato do governador Coronel Marcos Rocha (União Brasil) foram empossados esta semana, durante cerimônia realizada no Teatro Estadual Palácio das Artes, em Porto Velho.

Entre os nomes conhecidos aos novatos, o g1 levantou um breve perfil dos secretários que estarão à frente das pastas no segundo mandato de Rocha. Dos 17 secretários, três são mulheres. Confira:


Casa Militar - Chefe Coronel PM Valdemir Carlos de Goes

Coronel da Reserva da Polícia Militar do Estado de Rondônia, Valdemir Carlos ocupa o cargo de secretário-chefe da Casa Militar desde o primeiro mandato do governador Coronel Marcos Rocha.

LEMBRE: Médico, militares e agente penitenciária: veja quem eram os secretários do governo em 2019
Ele tem longa experiência na carreira militar e cursos na área de segurança, armamento, operações especiais e gestão de polícia comunitária.

O Coronel PM Valdemir Carlos de Goes já foi comandante na Companhia de Operações Especiais da Polícia Militar (PM) e ocupou algumas funções 5º Batalhão da PM, além de assumir a responsabilidade de diretor executivo da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).


Casa Civil - José Gonçalves Júnior

O chefe da Casa Civil, mais conhecido como Júnior Gonçalves, é irmão do novo vice-governador de Rondônia, Sérgio Gonçalves. A família criou o Grupo Gonçalves, uma rede de supermercados que foi uma das maiores varejistas de Rondônia, mas teve falência declarada em 2019.

Júnior Gonçalves possui pós-graduação em Gestão Pública e já foi diretor comercial, de marketing e operações no grupo da família. Em 2019, ele assumiu a chefia da Casa Civil.

Em maio de 2021, Júnior chegou a deixar o cargo temporariamente após ser denunciado pelo Ministério Público como suspeito de ser líder de um suposto grupo criminoso especializado em fraudes nos procedimentos licitatórios e corrupção dentro do governo. No entanto, após decisão judicial, ele retornou à Casa Civil menos de um mês depois.


Secretaria da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) - Luana Rocha

A Seas é comandada pela primeira-dama, Luana Rocha, formada em Administração Pública. A administradora concorreu para o cargo de deputada federal em 2018, pelo PSL (Partido Social Liberal), mesmo ano em que o marido, Marcos Rocha, foi eleito governador.

Luana não venceu a eleição, mas foi nomeada secretária de estado da assistência e do desenvolvimento social. Ela continua na pasta durante o segundo mandato do marido.

Nas redes sociais, a primeira dama se intitula como "uma nova voz em defesa das famílias de Rondônia".

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico - Sérgio Gonçalves

A atuação de Sérgio Gonçalves na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico também vem desde o primeiro mandato de Rocha. A diferença é que agora o secretário também é vice-governador do estado.

Sérgio é formado em administração e possui várias pós-graduações nas áreas de gestão, estratégias e finanças.

Durante a cerimônia de posse como vice-governador, Sérgio destacou que trouxe conhecimentos da época em que atuou no Grupo Gonçalves, criado por seu pai, para a gestão pública. Sérgio também disse que a motivação dele e do governador reeleito é fazer de Rondônia um lugar melhor para o rondoniense viver e trabalhar.

Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Seosp) - Erasmo Meireles e Sá
A Seosp foi recriada em 2020, durante o governo Marcos Rocha, por meio de uma lei complementar. Desde então, Erasmo Meireles está à frente da pasta.

Inicialmente o secretário entrou no governo como diretor-geral do Departamento de Estrada e Rodagens (DER), mas foi remanejado para a Seosp quando a pasta foi criada.

O secretário possui graduação em Ciências Militares e é Mestre em Operações Militares. Engenheiro militar do Exército Brasileiro, o oficial trabalhou mais de 30 anos com estradas e realizando várias obras no país.

A pasta possui grande importância, visto que o governador garantiu à imprensa, durante coletiva realizada em sua posse, que pretende deixar um legado de obras iniciadas e concluídas quando deixar o cargo.

Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão - Beatriz Basílio Mendes

Beatriz Basílio é uma das mulheres que fazem parte do novo secretariado de Rocha. Ela possui formação em Ciências Contábeis e Direito e pós-graduação em Auditoria Fiscal e Tributária.

Na Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, Beatriz já ocupou diversos cargos: secretária adjunta, coordenadora estadual de planejamento governamental e gerente de planejamento governamental.

Secretaria de Estado de Finanças (Sefin) - Luis Fernando Pereira da Silva

A pasta da Sefin já é muito conhecida por Luis Fernando. Ele é secretário desde 2019, mas já desempenhou outras funções, como coordenador geral da Unidade de Coordenação de Projetos.

Ele é formado em administração pela Universidade Federal de Rondônia (Unir) e possui especialização em gestão da produção e serviços e também gestão empresarial.

Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) - Felipe Bernardo Vital

Felipe Bernardo Vital é natural de Manaus (AM), mas vive em Rondônia há quase 20 anos, quando iniciou a carreira militar no Exército Brasileiro. Anos depois, Vital fez o concurso do Corpo de Bombeiros e cresceu na carreira até se tornar Tenente-coronel.

Uma das principais atuações do tenente-coronel é na negociação em situações onde as pessoas tentam suicídio e são atendidas pelo Corpo de Bombeiros.

Em 2018, Vital começou a carreira no Governo de Rondônia, como gerente de estratégia e inteligência da Casa Militar. Um ano depois, em 2019, ocupou o cargo de consultor técnico legislativo da Casa Civil.

O secretário é graduado em Inteligência e Segurança Pública e possui MBA em Gestão, Inteligência e Segurança Pública.

Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) - Marcus Rito


Marcus Rito é secretário da Sejus desde março de 2020, depois que Etelvina da Costa Rocha, inicialmente nomeada para o cargo, pediu exoneração.

Antes disso, ocupou cargos em áreas de gestão do Departamento Penitenciário Nacional do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e foi Coordenador de Atividades de Biometria e Documentação Civil do Conselho Nacional de Justiça no Programa Justiça Presente.

Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) - Jefferson Ribeiro da Rocha

Jefferson Ribeiro ocupa, a partir deste ano, o cargo que pertencia a Fernando Máximo. O médico deixou a função para se candidatar a deputado federal. Máximo foi o candidato a deputado federal mais bem votado em Rondônia nas eleições de 2022.

O novo secretário tem graduação na área de Tecnologia e atua como programador. Ele também possui carreira militar, sendo oficial de polícia há mais de 10 anos.

Secretaria de Estado da Educação (Seduc) - Ana Lúcia Pacini

A atuação de Ana Lúcia Pacini na Seduc já chega a quase 30 anos. Ela já ocupou diferentes cargos, inclusive como professora. Ela já foi chefe de gabinete entre 2018 e 2022.

Pacini é graduada em Letras Vernácula pela Unir e é especialista em Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa.
Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) - Luiz Paulo

A nomeação de Luiz Paulo para a pasta da agricultura foi uma das primeiras mudanças que Marcos Rocha fez em seu secretariado após ser reeleito governo de Rondônia.

O secretário é advogado e jornalista, pós-graduado em direito eleitoral. Ele tem 43 anos e é marido de Jaqueline Cassol, que é atual deputada federal por Rondônia e foi candidata ao Senado nas Eleições 2022 pelo Progressistas (PP).

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental - Marco Antônio Ribeiro de Menezes Lago
O secretário é formado em Direito e atua como advogado Criminalista. Além disso, Marco Lago também é docente, lecionando as disciplinas de Direito Penal e Direito Processo Penal.


Procuradoria Geral do Estado (PGE-RO) - Maxwel Mota de Andrade
Mestrando em Ciência Jurídica e pós-graduado em Direito Tributário e em Direito Penal e Processual Penal, Maxwel Mota de Andrade é procurador geral do estado desde janeiro de 2021.

Controladoria Geral do Estado (CGE-RO) - Francisco Lopes Netto

Antes de desempenhar a função de controlador geral do estado, Francisco Lopes Netto passou pela Sefin. Ele também já trabalhou em outros órgãos públicos, como o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) e o Ministério Público de Contas (MPC-RO).

Francisco já foi professor colaborador do Departamento de Ciências Econômicas da Unir.

Departamento Estadual de Estradas de Rodagens (DER-RO) - Eder André Fernandes Dias

A vaga que era do atual secretário de obras e serviços públicos, Erasmo Meireles, é ocupada por Éder André Fernandes Dias desde abril de 2022.

Erasmo é Major da Polícia Militar e natural de Santa Catarina. Ele possui graduação em direito e pós-graduação em Gestão de Planejamento Estratégico.

Natural de Santa Catarina, Erasmo já participou da liderança de operações de obras em outros estados. O secretário se tornou oficial da PM de Rondônia em 2010 e menos de um ano depois foi promovido à Tenente. Chegou ao posto de Major em 2019.

Departamento Estadual de Trânsito (Detran) - Paulo Higo Ferreira de Almeida
As passagens de Paulo Higo por pastas do governo de Rondônia são diversas. Ele já foi servidor e assessor técnico na Sejus, assessor jurídico na Procuradoria Geral Ambiental PGE-RO e chefe de gabinete da Seas.

No Detran, Paulo ocupou a função de coordenador metropolitano dos postos avançados antes de ser nomeado diretor geral.

Por Redação
Fonte G1/RO





Postar um comentário

0 Comentários