Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

Polícia Militar em Ouro Preto D’Oeste é acionada e evita sinistro em escola semelhante ao caso de Santa Catarina

 

A vulnerabilidade na segurança nas escolas públicas de Rondônia (com exceção das escolas militarizadas), é um fato preocupante e que até o presente momento apenas se ouve muitas falácias por parte das autoridades competentes. O exemplo deste descaso é que nos últimos dias a Policia Militar de Ouro Preto do Oeste foi acionada para averiguar situações da falta de segurança nas escolas públicas do município em especial as unidades de responsabilidade do governo do Estado (com exceção da Escola militarizada Tirantes, antigo 28 de Novembro), o primeiro fato foi atestado na Escola Estadual Aurélio Buarque de Holanda, localizada no bairro Jardim Aeroporto I, segundo relato da direção da unidade escolar um aluno menor de 13 anos estava portanto um canivete e ficou apurado que a intenção do mesmo era golpear um companheiro de sala de aula por motivos furteis, a PM foi acionada e compareceu ao local identificou os envolvidos, aprendendo o objeto cortante e entregando a autoridade policial na Unisp para as medidas cabíveis. 

O segundo fato foi comprovado na Escola Estadual Joaquim de Lima Avelino localizada no centro da cidade, neste fato a direção da unidade escolar relatou aos PMs que estiveram no local, que um aluno menor de 17 anos estava portanto uma arma provavelmente de fogo na sua mochila dentro da sala de aula. Identificado o aluno os PMs fizeram uma revista na mochila e localizaram 1(um) simulacro, tipo pistola, na cor preta, com 1(carregador), que segundo o menor é carregado com bolinhas plástica. Diante dos fatos, como não havia meios de se fazer contato com os genitores do menor, foi feito contato com o Conselho Tutelar, se fazendo presente que conduziram o menor até a UNISP. Já na UNISP, o menor foi entregue aos cuidados do Conselho Tutelar e ao Policial Civil de plantão e o Simulacro foi apreendido e entregue à UNISP. O menor relatou aos PMs, que teria comprado o simulacro nessa data, pagando por ele, cem reais, segundo ele, o vendedor do simulacro, esteve na frente da escola para vender o objeto ao menor.

A reportagem apurou que nos últimos dias seis outros casos iguais foram verificados nas escolas públicas estaduais de Ouro Preto do Oeste o que reforça o descaso das autoridades com um problema que a cada dia se torna maior e caso não se faça algo de concreto e não de falácias teremos situações igual ou pior do que houve em uma creche no Estado de Santa Catarina.

A reportagem entrou em contato com o tenente- coronel – PM Henrique Barbosa que faz parte da cúpula da Segurança Pública do Estado e o mesmo bastante atencioso disse que em caráter de urgência iria determinar ao comando local da PM em Ouro Preto do Oeste que fizesse uma ronda ostensiva em todas as escolas públicas no âmbito municipal e estadual, bem como será reativado a patrulha escolar. O coronel Henrique falou em nome do governo do Estado na pessoa do governador Marcos Rocha e do secretário de Segurança Pública de Rondônia tenente – coronel – BM Felipe Vital que a população ajude os órgãos de Segurança denunciando qualquer anormalidade através do telefone 190 que as medidas serão adotadas imediatamente afim de trazer a paz e o zelo aos munícipes.


Escola Estadual Aurélio Buarque de Holanda


Fonte: ouro preto online

Postar um comentário

0 Comentários