Polícia prende suspeito que estava com rádio HT na frequência da polícia e portava arma e drogas em Vilhena

Serviço de investigação solicitou apoio de radiopatrulha para realizar prisão.
A operação foi realizada na tarde de quarta-feira, 25 de Setembro,  e através dela, o nacional Edmilson Ferreira de Souza, de 28 anos, que seria o “braço direito” da facção criminosa denominada Primeiro Comando da Capital (PCC), em Vilhena/RO.

O Núcleo de Inteligência (NI) estava investigando o criminoso e durante a quarta-feira, solicitou apoio do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO) para realizar a prisão de Edmilson, vulgo “Gibi”.

Ele que havia rompido a tornozeleira eletrônica e era considerado foragido da justiça e diante de informações averiguadas pela polícia, estaria escondido em uma chácara nos arredores da cidade.

Edmilson seria o braço direito da facção criminosa denominada Primeiro Comando da Capital (PCC) e durante sua prisão, policiais militares localizaram um rádio transmissor HT, com base e carregador ligados, na frequência da Polícia Militar.

Além disso, fora apreendido uma pistola da marca Bereta de calibre 765, várias munições e certa quantidade de drogas, uma vez que a chácara seria ponto logístico da facção.

Além de Gibi, policiais militares detiveram adolescentes que estão envolvidos na criminalidade e identificaram grande parte de membros da mesma facção.

Apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), apenas Gibi deve ficar preso por porte ilegal de armas, tráfico de drogas e associação ao crime.

A Polícia Civil deve dar prosseguimento as demais investigações em prol de identificar e prender outros envolvidos na facção criminosa.

Foto: Polícia Civil

Fonte: Rota Policial News

Postar um comentário

0 Comentários