Últimas

6/recent/ticker-posts

Marta lamenta eliminação do Brasil nas Olimpíadas: “Nem sempre o melhor ganha”

O Brasil está eliminado do futebol feminino nas Olimpíadas. Nesta sexta-feira, após empate sem gols com a bola rolando, a decisão das quartas de finais foi para os pênaltis e terminou com o Canadá vencedor.



Marta, capitã da Seleção, citou erros cometidos pela equipe que ocasionaram na eliminação.


“Tem dias que as coisas não funcionam. Senti que começamos muito bem no jogo, tivemos possibilidade de até abrir o placar, faltou um pouco mais de paciência no terço final do campo, aconteceu algumas situações que poderíamos ter aproveitado melhor, até mesmo na prorrogação, porque elas (jogadoras do Canadá) estavam nitidamente mais cansadas que a gente. Mas é coisas do futebol, são coisas que acontecem e nem sempre o melhor ganha”, disse.


 Uma das principais duplas de Marta em toda sua carreira, a meia Formiga se despediu dos Jogos Olímpicos com a eliminação. Marta aproveitou o momento para exaltar a história de sua amiga, recordista em participações olímpicas com sete torneios pela Seleção Brasileira.


“Falei isso às meninas e me dirigi diretamente à Formiga, que eu gostaria de viver mais uma vez a emoção de lutar pela medalha com ela. Mas agradeço demais por tudo que ela fez pela nossa Seleção durante todos esses anos, uma vida dedicada a esse esporte, e espero que todos possam enxergar dessa forma. É uma pessoa que dedicou a vida inteira, que tanto contribuiu para a modalidade, que é inspiração para todas essas meninas e que poderia ter tido um final um pouquinho mais feliz. Mas ela é guerreira e isto nos orgulha demais: a oportunidade que tivemos de jogar mais uma Olimpíada com ela”, relatou Marta.


A atleta, de 35 anos, defendeu as jogadoras mais jovens.


“Peço que as pessoas não comecem a apontar o dedo pra ninguém, se tiverem que fazer isso, podem apontar pra mim, que já estou acostumada. A nova geração que está vindo não pode pagar por uma desclassificação numa Olimpíada, temos que valorizar cada vez mais e parar de cobrar tanto o que nunca foi investido antigamente”, enfatizou.


“Podem ter certeza que o trabalho na Seleção vai continuar, com ou sem a Marta, com ou sem a Formiga. A gente pode, sim, sonhar mais alto e colher bons frutos”, acrescentou.


Por fim, a camisa 10 deixou em aberto a possibilidade de se aposentar da Seleção Brasileira.


"Difícil te dar essa resposta agora, estou com a cabeça a mil, muitas coisas passando, estou emocionada, então não sei, vou deixar essa resposta pra depois”, afirmou.

Fonte - gazetaesportiva

Postar um comentário

0 Comentários