Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

Após tiroteio durante torneio de sinuca, comerciante mata homem de 30 anos com várias facadas em Chupinguaia

 Um homem de 30 anos, identificado como Cristhiano Gomes Cabral, foi assassinado a tiro e facadas na noite de ontem, em Chupinguaia, num estabelecimento conhecido como “Bar do Cabeça”, que fica próximo à prefeitura da “Capital do Boi”.



O FOLHA DO SUL ON LINE entrevistou, na Unisp de Vilhena, policiais militares da guarnição que veio à cidade para registrar a ocorrência, e eles contaram o que tinham ouvido de testemunhas.

Segundo os presentes num torneio de sinuca que estava acontecendo no bar, cujo dono é João Batista da Silva, de 60 anos, conhecido como “Cabeça”, ele e Cristhiano tiveram um desentendimento durante a competição.

 

Após a discussão, Cristhiano saiu do local, foi em casa e voltou armado com um revólver. Já sabendo que o oponente retornaria para matá-lo, João Batista também se armou com uma faca e uma espingarda.


Quando Cabral chegou e disparou os tiros contra ele, Cabeça, que foi atingido, reagiu e também puxou o gatilho da espingarda.

Ferido na região do pescoço e do rosto, Cristhiano correu em direção ao pátio da prefeitura, mas foi seguido pelo comerciante, que o atingiu com várias facadas, matando-o na hora.

A Polícia Militar foi acionada e mobilizou a Funerária São Mateus, de Vilhena, que recolheu o corpo.

João Batista, que recebeu os primeiros-socorros ainda em Chupinguaia, foi trazido para o Hospital Regional de Vilhena, onde passará por cirurgia. Não foi informada a quantidade de tiros que o comerciante levou.

Fonte: Folha do Sul


Postar um comentário

0 Comentários