Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

Mulher acusada de vender a própria filha adolescente para um pecuarista é presa em Jaru, RO


Caso é investigado em segredo de justiça. A menina foi resgatada e está amparada em um lar municipal.

A Polícia Civil de Jaru (RO) cumpriu um mandado de prisão contra uma mulher acusada de vender a própria filha, de 13 anos, para um pecuarista da cidade. O caso é investigado em segredo de justiça.


 Foi a própria adolescente que procurou a polícia para denunciar a situação que estava passando e desde então, ela foi resgatada e permanece sob tutela do Estado, no Lar da Criança de Jaru.


O crime aconteceu há oito meses, mas somente na sexta-feira (8), a mulher foi presa e encaminhada para a Casa de Detenção. O homem que teria “comprado” a adolescente ainda não foi preso, mas é investigado pela polícia.


De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), a menina passou por um acompanhamento psicológico ao ser institucionalizada e está bem.


“Ela está indo bem na escola. Hoje a gente consegue ver o quanto essa menina está feliz”, comentou a secretaria Edileuza Souza Sena.


A secretaria aponta que é de extrema importância que os pais ou responsáveis fiquem atento ao comportamento dos filhos, a fim de perceber se há algo de errado. Caso percebam alguma situação, é importante procurar ajuda.


“Procure conversar com seus filhos, seja amigo dos seus filhos. Viu que a criança tá usando blusa muito longa, está triste ou mudou o comportamento? Procure entender o que eles estão passando”, aconselha.


Fonte: Por Mikely Azevedo, Rede Amazônica

Postar um comentário

0 Comentários