Últimas

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Alt da Imagem

Tio suspeito de agredir criança de 6 anos é preso em RO

 Preso é o principal suspeito de crimes como: tortura, omissão de socorro e lesão corporal contra o sobrinho.


Foi preso nesta terça-feira (19) um jovem de 24 anos suspeito de ter agredido o sobrinho de 6 anos em Cujubim (RO). A informação foi repassada pela Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) durante esta noite.

O preso é o principal suspeito de crimes como: tortura, omissão de socorro e lesão corporal contra o sobrinho de 6 anos. Esse caso foi informado à polícia na segunda-feira (18). Antes da chegada dos policiais ao local da denúncia, o suspeito fugiu e levou junto o outro sobrinho, de 4 anos.

Após o registro de ocorrência, os policiais começaram as buscas pela região e os patrulhamentos continuaram durante todo o dia. Diligências foram feitas, segundo a Sesdec, na zona rural, tanto na região de mata quanto de currais, mas o suspeito e a criança foram localizados na região urbana de Cujubim.

Ainda segundo a Sesdec, a criança de 4 anos foi encaminhada para atendimento médico.

Entenda o caso

Um casal é suspeito de crimes de tortura, omissão de socorro, lesão corporal contra o sobrinho de 6 anos. O caso aconteceu na última segunda-feira (18), em Cujubim (RO).

A tia informou à polícia que no último sábado (16) a criança havia caído de uma escada. O ocorrido foi dito ao tio, que após ouvir, agrediu o sobrinho com um cipó, segundo a polícia. O casal era até então responsável legal pelo menino.

No dia seguinte da queda, a mulher contou que a criança amanheceu com os olhos arroxeados, chorando e reclamando de dores. No entanto, eles decidiram não procurar socorro devido as marcas pelo corpo da criança.

Na última segunda-feira (18), segundo ela, foi preciso chamar a equipe de socorristas, pois a criança perdeu os sentidos e ficou com a respiração comprometida

Após o relato, a mulher recebeu voz de prisão. O crime foi registrado como omissão de socorro, lesão corporal, tortura e crimes contra a criança e adolescente. Já o tio fugiu do local e levou o irmão da vítima, uma criança de 4 anos, e uma espingarda.

Inicialmente a Polícia Civil informou que a criança de 6 anos, vítima das agressões, havia morrido. Mas durante a noite, uma conselheira tutelar, responsável por acompanhar a criança, informou que a criança está viva e internada em um hospital de Porto Velho.

Por g1 RO


Postar um comentário

0 Comentários